Imprensa

Porto do Açu adere ao Junho Vermelho e promove dia de coleta de sangue

Hemocentro de Campos leva unidade móvel para o Complexo e mobiliza dezenas de doadores

27 de junho de 2019

Na última semana do Junho Vermelho, dezenas de colaboradores da Porto do Açu e de suas terceirizadas participaram de mais uma campanha de doação de sangue, dentro do Complexo, contribuindo com os estoques do Hemocentro Regional de Campos. A Porto, em parceria com o posto de coleta, mobilizou doadores voluntários, que foram atendidos em uma unidade móvel, estacionada no pátio da empresa. A campanha é realizada em uma época do ano em que as doações caem devido às baixas temperaturas e à incidência de doenças infecciosas respiratórias. Segundo o Hemocentro, a frequência de doadores tende a reduzir à metade durante o inverno.

A médica do Trabalho da Porto do Açu, Cláudia Costa, ressaltou a importância das campanhas periódicas para o aumento do engajamento dos colaboradores: “A cada nova ação, nós estamos reforçando a cultura de colaboração do nosso time, que está ainda mais consciente e adepto ao movimento de doação. Notamos um interesse cada vez maior dos nossos doadores”, garantiu.

Todos os colaboradores interessados em doar foram submetidos a uma triagem para verificar se eram aptos e, se sim, passavam pela coleta, dentro do ônibus do Hemocentro. O coordenador Administrativo da Porto do Açu, Gustavo Machado, que é doador há 12 anos, foi um dos primeiros a passar pela coleta: “Pelo menos uma vez ao ano, eu separo um dia para fazer esta reflexão sobre a importância de doar e contribuir com a saúde das pessoas que estão precisando”, afirmou.

A analista de Saúde e Segurança Ocupacional, Ariane Pereira, elogiou a iniciativa da Porto do Açu e disse que a empresa contribuiu para sua mudança de atitude: “Ter a unidade móvel tão acessível nos instiga a doar, porque é um facilitador enorme. A primeira vez que doei foi em uma destas campanhas da empresa e, agora, sempre faço questão de participar”, contou.

São necessárias no mínimo 70 doações de sangue por dia para que o estoque do Hemocentro se mantenha equilibrado. A média de doadores diários, no entanto, não chega à metade deste número. “Nossos estoques estão sempre muito baixos, mas nesta época do ano a situação fica ainda mais crítica, por isso a importância da coleta móvel. Com estas campanhas, contribuímos para que as pessoas se sensibilizem a criar uma rotina de doação”, ressaltou Camila Kanzian, médica do Hemocentro.

O posto de coleta de Campos funciona diariamente, das 7h às 18h, inclusive aos sábados, domingos e feriados. Para doar é preciso levar um documento original de identidade com foto, ter peso superior a 50 Kg, idade entre 16 e 67 anos, não estar em jejum e não ter ingerido alimentos gordurosos nas últimas três horas.