Imprensa

PORTO DO AÇU PROMOVE AÇÃO PARA DOAÇÃO DE SANGUE EM PARCERIA COM HEMOCENTRO DE CAMPOS

O Porto do Açu promove, em parceria com o Hemocentro Regional de Campos, dois dias de coleta de sangue para repor os bancos do município. Este ano, o tema da campanha é “O sangue seguro salva vidas“, com o slogan “Doe sangue e torne o mundo um lugar mais saudável”.…

18 de agosto de 2020

O Porto do Açu promove, em parceria com o Hemocentro Regional de Campos, dois dias de coleta de sangue para repor os bancos do município. Este ano, o tema da campanha é “O sangue seguro salva vidas“, com o slogan “Doe sangue e torne o mundo um lugar mais saudável”. Adequada à pandemia, a ação foi realizada hoje e se repetirá no dia 20 de agosto, das 8h às 15h, na unidade móvel que ficará no estacionamento da UENF para fazer a coleta voluntária de colaboradores do Porto do Açu e seus familiares. A campanha faz parte das iniciativas do AbrAÇU, o Programa de Voluntariado que abrange as empresas instaladas no Porto.

A parceria do empreendimento portuário com o Hemocentro é antiga e foi totalmente adaptada ao período de isolamento social imposto pela Covid-19. “Sempre organizamos as doações voluntárias dos nossos colaboradores dentro do Porto do Açu, mas com a maioria do efetivo em trabalho remoto, resolvemos ir ao encontro do nosso time em Campos, para que a mobilização não deixasse de acontecer este ano. Fizemos todos os ajustes necessários para que os quesitos de segurança sejam atendidos e, desta vez, ainda temos a oportunidade de estender a coleta aos familiares que puderem aderir à campanha”, explica Vinícius Patel, diretor de Administração Portuária da Porto do Açu Operações.

A ação é realizada sempre nesta época do ano, quando as doações caem devido às baixas temperaturas e à incidência de doenças infecciosas respiratórias. Segundo o Hemocentro, a frequência de doadores tende a reduzir à metade durante o inverno e, com a pandemia, os estoques registraram baixa ainda maior.

Importante frisar que todos os critérios de higiene e esterilização foram reforçados para esta campanha e que o novo coronavírus não é transmitido pela doação de sangue.

Os colaboradores interessados em doar são submetidos a uma triagem para verificar se estão em condições satisfatórias de saúde. Além dos requisitos já amplamente divulgados pelas campanhas do Hemocentro, como idade e peso, este ano os cuidados foram ampliados por conta da Covid-19. Aqueles que retornaram de viagem internacional ficam inaptos a doar pelos próximos 30 dias, assim como quem teve contato com caso suspeito ou confirmado. Quem teve a doença deve aguardar 90 dias após a cura para fazer a doação. E aqueles que tiveram a doença com quadro grave ficam impedidos de doar por um ano após a cura.

São necessárias no mínimo 70 doações de sangue por dia para que o estoque do Hemocentro se mantenha equilibrado. Para doar é preciso levar um documento original de identidade com foto, ter peso superior a 50 kg, idade entre 16 e 69 anos, não estar em jejum e não ter ingerido alimentos gordurosos nas últimas três horas. O Hemocentro Regional abastece de sangue, unidades médicas de todo o Norte e Noroeste Fluminense.