Imprensa

Programa Cozinha Brasil organiza oficina especial para produtores rurais na Vila da Terra

Em iniciativa da Ferroport e da Porto do Açu, comunidade aprende receitas sustentáveis com alimentos que produz no dia a dia

7 de maio de 2019

Em mais uma edição em São João da Barra, o programa de educação alimentar Cozinha Brasil esteve pela primeira vez na Vila da Terra, no 6º Distrito. Por iniciativa da Ferroport e da Porto do Açu Operações, os produtores rurais do reassentamento agrícola e comunidades vizinhas tiveram a oportunidade de aprender receitas sustentáveis e saudáveis, usando como ingredientes produtos que cultivam no dia a dia, como batata-doce, banana e milho. Além de ensinar sobre o aproveitamento integral dos alimentos, incluindo cascas, sementes e talos que geralmente são descartados, a equipe da Firjan SESI ainda orientou os participantes sobre como usar a alimentação e a mudança de hábito para a prevenção de doenças crônicas.

Durante a oficina, os alunos ainda foram incentivados a usar o conhecimento adquirido para promover a melhoria da renda familiar, que é o que a maioria já busca ao participar do projeto “Feira no Porto”, idealizado e desenvolvido pela Porto do Açu há dois anos. Ao longo deste período, 155 feiras foram realizadas dentro do empreendimento e mais de 10 mil quilos de alimentos foram comercializados pelos feirantes, com geração de renda de aproximadamente 105 mil reais.

Segundo a coordenadora de Responsabilidade Social da Porto do Açu, Izabel Sousa, a ideia da oficina, assim como do projeto “Feira no Porto”, é que os pequenos agricultores possam incrementar o orçamento familiar: “Nós temos um compromisso com o desenvolvimento destas famílias de agricultores. Ficamos muito satisfeitos em disseminar conhecimento e boas práticas alimentares com cada uma delas e, ao mesmo tempo, estimular o empreendedorismo. A ideia é reduzir desperdícios e aumentar ganhos”, ressaltou.

Entre as receitas preparadas para a oficina estavam duas que ajudam no combate a diabetes, como o bolo diet de bagaço de milho com coco e o doce diet de batata doce com amendoim e canela.

Dona Adélia Toledo, produtora da Vila da Terra, foi uma das participantes do Cozinha Brasil e aprovou o programa: “Achei a oficina e as receitas maravilhosas e já espero novas edições! Vou testar o que aprendi em casa e tentar reduzir o uso do açúcar no preparo de sobremesas, aproveitando o doce dos próprios alimentos. Além de ouvir algumas dicas de saúde e bem estar, também nos ensinaram diferentes receitas, que podem agregar ainda mais na minha renda”, afirmou.

Segundo a nutricionista do Cozinha Brasil, Priscila Meireles Senra, o Programa permite a abordagem de temas delicados e relevantes, de forma lúdica e interativa, como no momento do preparo de cada receita: “A parte prática da oficina é uma ferramenta para promover a quebra de pré-conceitos alimentares com relação à utilização das partes não convencionais dos alimentos, contribuindo para a redução da cultura do desperdício e valorização do ato de cozinhar como uma atitude de promoção à saúde e prevenção de doenças”, explicou.

Esta edição do Cozinha Brasil beneficiará, ao todo, seis localidades de São João da Barra. Além da Vila da Terra e do próprio centro do município, o programa está formando turmas em Atafona, Grussaí, Açu e Pipeiras. Ao final das oficinas, todos os participantes receberão certificados.

Sobre a Vila da Terra

A Vila da Terra é um reassentamento rural com cerca de mil hectares, onde moram 53 famílias que foram reassentadas para a criação do Distrito Industrial de São João da Barra. O espaço foi desenvolvido de acordo com os padrões do Banco Mundial, referência internacional em reassentamento. Os moradores receberam apoio técnico agrícola, aprenderam formas adequadas de cultivo e manejo, e, hoje, recebem incentivos para que se fortaleçam como associação rural.