RPPN Caruara

23 de Junho de 2017

A RPPN Caruara é a maior unidade de conservação privada do país com o objetivo de proteger ecossistema de restinga, além de abrigar porções de ambientes lacustres e áreas alagáveis. Reconhecida de forma definitiva pela Portaria INEA/RJ/PRES nº 357, de 19 de julho de 2012, a unidade possui uma área de 3.844,73 hectares e se localiza no município de São João da Barra/RJ.

Oficialmente, a RPPN Caruara tem área de 3.844,73 hectares, no registro atualizado do imóvel, mas a área protegida na propriedade em questão ultrapassa 4.000 hectares, quando somada a RPPN à faixa de praia, compondo uma única área contígua. Além de abrigar um dos principais fragmentos de restinga preservados do Norte do estado, dentro da RPPN estão as lagoas de Grussaí e Iquipari. A Lagoa de Iquipari encontra-se totalmente protegida, desde suas nascentes até a sua foz, na praia do Açu.

A criação da RRPN Caruara, primeira da região de São João da Barra, foi uma iniciativa voluntária da Porto do Açu. Demonstrando assim, ser possível conciliar desenvolvimento industrial com a conservação da biodiversidade existente nas áreas dos empreendimentos e seu entorno.

• Mais de 800 mil mudas produzidas;
• 4 mil hectares de área protegida;
• R$ 30 milhões de investimento do Porto do Açu na RPPN;
• 245 espécies de faunas catalogadas;
• Recursos de ICMS Verde repassados ao Município de São João da Barra em função da presença da unidade de conservação privada;​
• Mais de 70 espécies de restinga são produzidas e manejadas;
• Prêmios recebidos: Prêmio Firjan (Ação Ambiental), Selo Verne (Instituto Chico Mendes) e Benchmarking Brasil;
• Envolvimento direto de mais de 150 profissionais, em sua maioria, moradores locais.dsad

Veja o livro “O Tempo e a Restinga”