Sobre o Porto

Porto de Oportunidades

​Em operação desde 2014 e com área total de 130 km², o Porto do Açu possui localização estratégica. São 9 terminais, divididos em áreas offshore e onshore.

Com uma gestão forte, que alia competência e uma visão de longo prazo, novas oportunidades estão surgindo no Complexo do Porto do Açu. Acesse o nosso guia “Fazendo negócios no Complexo do Porto do Açu” e veja como desenvolver novos negócios no coração da America Latina.

Terminal de Minério de Ferro

  • Joint Venture entre Prumo e Anglo American.
  • Contrato de 25 anos com volume garantido de 26,5 mm tons com a Anglo American.
  • Capacidade de movimentar 26,5 milhões de toneladas de minério de ferro por ano.
  • Operações iniciadas em 2014.

Terminal de Petróleo
– Joint venture entre Prumo e Oiltanking.
– Contrato de 20 anos com volume garantido de até 200 mil barris por dia com a Shell.
– Plano de expansão para que o terminal seja capaz de armazenar (7 a 10 milhões de barris), tratar e misturar petróleo.
– Capacidade licenciada de 1,2 milhão de barris de petróleo por dia.
– Operacional desde 2016 para transbordo de petróleo.

Terminal de Combustíveis Marítimos
– Joint Venture entre Prumo e BP.
– Terminal importa, exporta, vende, armazena, mistura, distribui e comercializa combustível marítimo.
– Infraestrutura de última geração permite ao porto receber uma variedade de embarcações e atividades, como PSV, Cabotagem e navios de longa distância.
– Em operação desde maio de 2016.

Terminal Multicargas
– Joint venture entre Prumo e Porto de Antuérpia Internacional.
– Capacidade inicial para movimentar 4 milhões de toneladas de carga.
– Infraestrutura diferenciada (14,5m de profundidade, grande pátio de armazenagem de até 1 milhão m² para dar suporte a operações de transbordo e serviços de feeder ou distribuição do transporte em embarcações menores).
– Terminal privado reduz burocracia e otimiza custos.
– Acesso a rodovia não congestionada. Duas ferrovias incluídas no Plano de Logística e Infraestrutura do Governo Federal.
– Operacional desde 2016.

Terminal para serviços integrados para O&G
– JV entre Prumo e GranIHC.
– Manutenção e reparos navais.
– Hibernação de unidades offshore.
– Construção e integração de módulos e skids.
– 460 m de cais, 17 mil m² de edificações, 30 mil m² de área de cais.

Terminal Edison Chouest
– Maior base de apoio offshore do mu​ndo instalada no Porto do Açu.
– Com mais de 180 operações por mês, em 9 berços operacionais.
– Possui 6 berços contratados pela Petrobras e 1 pela Chevron.
– Mais de 1 km de cais e 600 mil m² de área.

Terminal NOV
– Unidade de produção de tubos flexíveis para apoio à indústria offshore com 210 metros de frente de cais e 121.905 m² de área total.

Terminal Technip
– Fábrica de dutos flexíveis mais moderna do mundo. Localizada em um terreno de aproximadamente 300 mil m², a Flexibrás Açu possui capacidade para produzir tubos de até 22 polegadas de diâmetro interno.

Terminal InterMoor
– Irá prestar serviços de ancoragem para plataformas e FPSO’s. A unidade conta com 90 metros de frente de cais e 52.302 m² de área total.​

Wärtsilä
– Possui uma planta de montagem e produção de Grupos Geradores e Propulsores Azimutais no Porto do Açu. A unidade ocupa uma área de 22.193 m² no canal do Terminal 2 e também oferece soluções e serviços nas áreas de energia e propulsão marítima.

Em operação
Com operações iniciadas em 2014, o Porto do Açu já movimenta cargas como granéis sólidos e líquidos, carga geral, minério de ferro e petróleo.

Parceiros
Contamos com uma grande base de sócios, entre eles o Porto de Antuérpia que traz para o Porto do Açu experiência, conhecimento em operação e em desenvolvimento de um complexo Porto Indústria.

Segurança
Maior segurança no movimento de embarcações: único porto do país certificado para operar Serviço de Tráfego de embarcações (VTS).

Porto 100% privado
Desenvolvido com modelo operacional eficiente e baixo custo.​​